18.05.2017

Receita de Máscara de Maizena no Rosto

Vou dividir com vocês hoje a receita de uma Máscara de Maizena no Rosto que foi criação de uma cirurgiã plástica, Drª Luciana Pepino, e promete ajudar na pele oleosa e nos poros dilatados.

Já falei por aqui do uso da máscara de maizena no cabelo e não sou fã, até porque é uma meleira danada e eu gosto é de coisas práticas, mas como máscara facial é uma tentação na minha vida, resolvi testar essa e, gente, gostei!

Isso é pra pagar a língua, porque vivo tacando o pau nessas maluquices que as pessoas colocam no rosto, mas como a receita foi dividida por uma médica, uma pessoa da área de saúde, me senti mais segura pra testar, sabe?

Até falei um pouco sobre ela no post sobre o uso do soro fisiológico no rosto e fiquei de passar a receitinha, lembram? Então vamos lá!

Maizena no rosto: como fazer a máscara

maizena no rosto

Pra fazer a máscara você precisa apenas de 2 ingredientes: 1 colher (das de sopa) de maizena e 2 colheres (das de sopa) de soro fisiológico gelado.

Basta misturar os dois ingredientes em um vasilhame, fazer tipo uma papinha, e aplicar na pele limpa e enxuta. Deixe a máscara agir por 20 minutos e enxágue em seguida.

Já fiz duas vezes, e achei o resultado super bom, porque realmente dá uma melhorada nos poros, eles parecem mais “fechadinhos”, e a pele fica menos oleosa por mais tempo. Claro que o efeito é temporário, então o legal é fazer antes de uma festa, de um evento, algo assim, sabe?

No post da Luciana não especifica quantas vezes por semana a gente pode fazer, mas acredito que uma vez seja o bastante, até porque seu efeito não é de tratamento, é mais um daqueles truques caseiros pra deixar a pele “mais legal” por um tempinho.

A indicação é para quem tem peles oleosas e poros mais dilatados, e não indico para meninas de peles sensíveis, porque pode causar irritações, né?

Gosto muito dessa máscara e também da máscara de gelatina, que dá um efeito tensor mara na pele. Cês já testaram? Testem as duas e me contem depois!

Beijos, Ju ♥

Quer mais dicas como essa? Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

26.01.2015

Ácido Glicólico: 3 razões para amar!

Eu amo ácidos, amo, inclusive o ácido glicólico! Já perdi a conta de quanto tempo faz que uso e parei recentemente com o ácido retinoico (post aqui) porque minha pele estava muito fina e o calor muito intenso. Mas não abro mão deles porque noto que o efeito é mais rápido, sabe? E quando a gente chega nos 30 eficácia e rapidez são palavrinhas mágicas!rs

Antes de conversar com minha dermato sobre a troca do ácido retinoico, o soberano do reino dos ácidos, fui pesquisar sobre os vários ácidos existentes pra já chegar lá sabendo o básico, porque assim poderia tirar as dúvidas sobre cada um e dividir aqui com vocês.

 

ácido glicólico

Parti logo pro ácido glicólico, que já usei e gostei muito por causa da maior absorção e penetração na pele, e ele é, inclusive, utilizado junto com outros ativos pra facilitar a absorção dos mesmos.

Mas vamos aos 3 motivos do meu amar esse ácido:

O que é e para que serve o ácido glicólico

Pra começar, o ácido glicólico tem ação esfoliante, então além de ajudar na penetração de outros ativos, ele renova a pele, o que é música para os meus ouvidos (as balzacas entenderão!). Também atua no colágeno, combatendo e revertendo sinais de envelhecimento como rugas e linhas, além de manchas faciais.

É usado em cicatrizes, inclusive de acne, e ajuda bastante no caso de poros dilatados. E ele pode ser usado também no corpo, sendo bem indicado para o tratamento das estrias vermelhas.

Fora isso, o que mais me lembro do uso desse ácido é que ele melhora a textura da pele, deixando-a mais lisinha, mais suave ao toque, com mais “viço”, sabe?

ácido-glicólico

A depender da concentração ele pode ter ação hidratante, rejuvenescedora, esfoliante e por aí vai. Ou seja, é um “ácido Bombril”!

Ele irrita menos a pele e tem menos efeitos colaterais que o ácido retinoico

Um dos grandes problemas do ácido retinoico, que eu amo, é que ele tende a irritar a pele, principalmente nos meses mais quentes. Já o ácido glicólico tem menos efeitos colaterais e é mais bem tolerado, de modo que casos de irritações são menos frequentes e intensas.

Vale lembrar que quem usa ácido deve evitar o máximo possível a exposição solar e jamais sair de casa sem protetor. Já esqueci umas duas vezes e tive queimadura no rosto, que ficou inchado, com bolha e todo vermelho.

Sim, ele é menos eficaz que o ácido retinoico, mas seu uso também é mais seguro, sobretudo agora no verão, e seus efeitos colaterais, quando aparecem, se resumem basicamente a hiperpigmentação e eritemas.

ácido-glicólico

Ele é facilmente encontrado

O ácido retinoico é um medicamento e a sua venda depende de receita médica, já o ácido glicólico pode ser um medicamento, um cosmético ou um dermocosmético, a depender da concentração.

No caso de cosméticos ou dermocosméticos, ele é facilmente encontrado e sua compra é facilitada, de modo que em toda farmácia  dá pra achar hidratantes e sabonetes faciais, dentre outros, que contenham a substância. Um bom exemplo é o hidratante da Neutrogena, que já falei nesse post aqui.

Claro que o ideal é que um dermato indique o melhor produto pra sua pele, porque é ele quem vai saber qual a real necessidade naquele momento, qual ativo deve ser usado e qual a concentração desse ativo, mas pra quem não costuma frequentar um dermato (é um investimento gente!), o fato do ativo estar presente em produtos de venda livre facilita as coisas.

ácido-glicólico

Ácido Glicólico é amor!

Resumindo: prefiro apostar em produtos com ácidos, que são mais eficazes e fazem uma diferença maior na pele, e o ácido glicólico sai na frente em vários aspectos, já que é bem tolerado, tem vários usos, combate e reverte (até certo ponto, claro) o envelhecimento, e é encontrado em vários produtos de marcas que eu já conheço e confio. Ah, ele também pode ser manipulado, e aí são usadas concentrações maiores, mas nesse caso é necessária receita médica (ao menos aqui).

Alguém aqui usa ou já usou? Qual foi o produto? O que achou?

Beijos

Ju

16.07.2014

Poros Dilatados: 4 Passos Pra Combater o Problema

Fiz um post aqui tempos atrás falando sobre poros dilatados (aqui), mas sempre surgem perguntas sobre a “rotina” pra evitar o problema, então resolvi responder em forma de post, certo?

Tipo de pele, idade e predisposição genética são fatores importantes, mas a rotina errada de cuidados com a pele é uma das principais responsáveis pelos poros dilatados. É essencial que a pele esteja limpa e hidratada na medida certa, nem pra mais nem pra menos, já que quando há acúmulo de resíduos, de sebo e de suor os poros ficam ainda mais dilatados.

Como acabar com os poros dilatados?

No caso da hidratação a questão gira em torno do equilíbrio, e quem exagera no uso de produtos secativos, de produtos que deixem a pele muito seca acaba sendo vítima do efeito rebote, o que deixa a pele ainda mais oleosa pouco tempo depois, e quanto mais oleosa a pele ficar, mais dilatados os poros ficarão.

As dicas abaixo ajudam a evitar, reduzir, combater e camuflar o problema, mas não acaba com ele.

poros dilatados

1. Limpeza Eficiente

Limpar a pele é essencial por vários motivos (falei disso nesse post aqui), inclusive pra ajudar na remoção da oleosidade local. Quando a oleosidade é removida de maneira correta, sem ressecar a pele, os poros ficam mais contraídos (fechados).

Lave a pele de manhã e de noite com um bom sabonete facial, indicado pro seu tipo de pele. Dos produtos que já usei (tenho a pele bem oleosa) os que mais gostei pra limpar sem desidratar foram esses:

poros dilatados

♥ 1. Gel Concentrado Desincrustante, La Roche Posay

Promete limpar e desobstruir os poros, além de reduzir a oleosidade e a produção de sebo. Fiz resenha dele aqui (post aqui)  e gosto demais da conta, porque limpa sem ressecar, não irrita a pele e, no meu caso, tem ajudado. A versão de 150 ml custa 38 Dilmas e vende em farmácias.

♥ 2. Gel de Limpeza Dermopurifyer, Eucerin

Tem muito tempo que não encontro esse produto aqui em Jee, mas continua sendo um dos meus preferidos! É muito bom, limpa de forma bem eficiente sem irritar, sem ressecar e sem deixar a pele “repuxando”. Custa, em média, 30 Dilmas e compensa demais!

2. Esfoliação Física e/ou Química

Eis o meu vício! Amo esfoliantes, amo esfoliar a pele, e amo que isso ajude a combater o problema! rs

poros dilatados

A esfoliação física é feita com aqueles esfoliantes que a gente já conhece, e adoro um super baratinho da Avon (post aqui), mas dá pra achar boas opções em várias marcas/lojas.

A indicação é esfoliar uma vez por semana pra remover as células mortas e os resíduos, o que ajuda a desobstruir os poros.

Já a esfoliação química é feita com ácidos (em casa ou no consultório), e dois bons exemplos são o ácido retinoico (post aqui), que é o meu amor eterno, e o ácido azeláico (post aqui).

3. Hidratação

Quem tem pele oleosa tem a mania de correr do hidratante, o que é um erro porque a hidratação se mede pela quantidade de água e não pela quantidade de óleo no interior da célula (falei disso aqui).

É essencial hidratar a pele todos os dias com um produto que contenha ativos que ajudem a controlar a produção de sebo, pois assim a pele fica hidratada e a oleosidade vai sendo controlada aos poucos.

poros dilatados

Prefiram as versões mais leves e, preferencialmente, com ação matificante. Gosto bastante  do Effaclar Mat, da La Roche Posay.

Fugindo um tiquinho da hidratação, vou indicar um produto incrível pra quem tem poros dilatados: o Normalize Pore, da Ada Tina. É um protetor solar super sequinho indicado pra quem tem poros dilatados, que garante, ainda, hidratação da pele e contração dos poros.

4.  O Corretor de Poros

Quem tem poros dilatados sempre  lança mão do primer pra ajudar  a camuflar o problema, mas a ideia é apostar no corretor de poros, que é mais oclusivo e oferece um disfarce muito maior.

O melhor de todos, aquele que dá vontade casar, é o Pore Smoothing Corrector, da Shiseido. Ele é bem caro pra quantidade (vem com 13 ml e custa 164 Dinheiros), não rende muito, mas faz uma diferença absurda na pele, pelo menos fez na minha.

Vou aproveitar que agosto é meu aniversário e comprar outro, assim não fico com tanto peso na consciência de gastar 164 dinheiros em um tubinho do tamanho de uma amostra! rs

Tem algum outro produto que vocês indiquem?

Beijos

Ju

 

09.04.2014

6 Dicas Para Peles Oleosas

Hoje sofro menos, mas sofri por anos com a tal da oleosidade excessiva. Ficava muito constrangida com a pele “melequenta” e morria de vergonha do brilho excessivo, porque né, brilhar todo mundo quer, mas um brilho bom, não um brilho “gorduroso”!

Ao longo dos anos fui aprendendo como lidar com a minha pele, entendi o que podia e não podia fazer, o que usar e o que não usar, e hoje ela está bem melhor, até porque depois dos 30 a pele muda (ops, já tenho 31!) mesmo, e a minha está ficando menos oleosa, o que é um benção!

pele oleosa

Daí fiquei pensando no que já tinha aprendido sobre isso e resolvi fazer um “jogo rápido” com as melhores dicas.

1. Escolha um ótimo sabonete facial

O básico pra ajudar a controlar a oleosidade da pele é a limpeza, e isso se faz com um bom sabonete facial, e,  depois do filtro solar, acho que é o produto que mais vale o investimento, porque, ao menos pra mim, é o que mais faz diferença!

Você deve lavar o rosto apenas duas vezes ao dia, de manhã e de noite, e mesmo que a vontade seja muita evite lavar mais que isso por causa do efeito rebote, porque se removemos a “gordurinha” muitas vezes, a produção de sebo aumenta pra “compensar” e a pele fica ainda mais oleosa.

Quando a gente lava a pele direitinho com um bom sabonete, indicado pro nosso tipo de pele, o sebo acumulado nos poros, bem como as impurezas, é removido, o que evita o entupimento dos poros, o surgimento de cravos, e evita também que os poros fiquem muito dilatados.

pele oleosa

Existem bons sabonetes pra peles oleosas de todos os preços e com ativos diversos, mas é bom que você encontre um que tenha algum ativo que ajude na regulação da produção de sebo, que seja antisséptico e tenha, preferencialmente, ação antimicrobiana. Eu gosto de ativos como enxofre, argila, ácido salicílico, zinco e irgasan, dentre outros.

Posts Legais Sobre Isso:

  1. Como Limpar a Pele Oleosa?
  2. Como Lavar a Pele Corretamente?
  3. Sabonetes Bons e Baratos Pra Peles Oleosas

2. Não dispense o tônico facial!

Já fiz um post falando sobre isso aqui, mas não custa repetir: tônico facial não é dispensável!

Claro que o sabonete limpa, mas o tônico vai complementar essa limpeza e fazer uma coisa bem importante pra pele: regular o seu pH! É que após o uso dos sabonetes, via de regra, a pele fica com o pH ácido, e o tônico regula isso.

pele oleosa

No mais, ele consegue limpar mais profundamente, removendo bem as impurezas que ficam lá nos poros, e isso evita que os poros entupam e ajuda pra que eles não fiquem ainda mais dilatados.

Nesse post aqui expliquei como escolher um bom tônico facial pra peles oleosas, e é essencial que eles não contenha álcool. Já nesse post aqui tem uma listinha de tônicos legais, tanto caros como baratos.

3. Sim, tem que usar hidratante!

Gente, pele oleosa não é sinônimo de pele hidratada, porque o nível de hidratação é medido pela quantidade de água no interior da célula e não pela quantidade de óleo!

Você precisa sim de hidratante pra que a água que você ingere, que é responsável por 97% da hidratação da pele, não evapore. Ah, é isso mesmo, quem hidrata a pele é a água que ingerimos, e a função do hidratante é formar uma capinha de “gordura” pra evitar que essa água evapore. Falei sobre isso nesse post aqui.

pele oleosa

A dica é bem lógica: escolha um hidratante facial indicado pro seu tipo de pele! Ele precisa ser isento de óleo, ter a textura mais leve, ser de rápida absorção e ter, preferencialmente, efeito matificante.

4. Experimente a argila!

A argila é um “ativo” tão simples que a maioria não dá valor, mas juro que ela (e o ácido retinoico) é o que mais funciona na minha pele. Compro os pacotes de argila, que não são caros, e faço máscaras semanais, e, olha, os resultados são muito bons, porque ela limpa a pele, trata e ajuda a controlar a oleosidade. Minha pele ganha outro viço!

Nesse post aqui falo sobre qual é a melhor argila pra cada tipo de pele, e vale conferir!

argila pele oleosa

5. Só use produtos pra peles oleosas!

Não importa se é cosmético ou maquiagem, se a sua pele é oleosa os seus produtos têm que ser específicos pra peles oleosas, e isso inclui tudo, inclusive protetor solar, sabonete, tônico, hidratante, base e por aí vai.

Raciocina comigo: sua pele já é um poço de óleo, daí você pega aquela base maravilhosa que sua irmã usa e taca na pele. A base é maravilhosa, só que a pele de sua irmã é seca e ela usa uma base hidratante, mais pesada. Qual o resultado? Sua pele não só vai ficar mais oleosa como, em pouco tempo, esse “óleo” em excesso vai entupir os poros, vão causar espinhas e rapidinho sua pele vai piorar.

Tem um post aqui com alguns produtos legais de maquiagem pra peles oleosas: 5 produtos pra segurar a oleosidade.

6. Poros dilatados: como lidar?

Isso é uma praga e eu, de verdade, tenho trauma!  O grande problema aqui é que não tem como acabar com o problema, ou seja, a única coisa que a gente pode fazer minimizar o quadro, o que significa cuidados constantes.

pele oleosa

Nesse post aqui tem um verdadeiro arsenal de cuidados e indico que vocês leiam, porque ó, é a experiência de anos!rs

Dica de Ouro

O que faz diferença de verdade é a rotina de cuidados, porque é ela que controlar e minimizar a oleosidade da pele, então invista nisso e tenha disciplina, porque não tem outro jeito!

Aqui no blog tem vários posts com opções de produtos mais caros e mais baratos, justamente pra que todo mundo tenha opções, então é só escolher com cuidado e começar a tratar da pele com carinho, né?

Beijos

Ju

 

Página 1 de 3123
O que você acha do JV?
Amo as dicas, resenhas...enfim, tudo aqui no JV é um serviço público e de grátis rsrs , sigo as dicas da Ju e até hoje…
As leitoras mais incríveis da vida
  • “Sê sempre o mesmo. Sempre outro. Mas sempre alto. Sempre longe. E dentro de tudo. ✨✨✨”
Cecília Meireles, que nunca soube, mas é minha amiga desde 1990, quando “descobri” que ela existia nas prateleiras da biblioteca da Uesb, minha “babá” por muitos, muitos  anos. ☺️ #QueSorte #JuroValendo
  • Conhecem o blog de minha amiga, @jurovalendo ? Passem lá... Escrevi algo legal... @isadorabacelar.r #amizade #jurovalendo #julopes #amor #meueuloiro #fidelidade #gastronomia #amando #mudanca #salvador #unifacs
  • Mudar de profissão nunca é fácil, bem sei como é difícil lidar com as dúvidas, as angústias e, também, com o julgamento alheio.

Mas acredito, também, que fazer algo que a gente ama não tem preço. Que alegria, felicidade e realização não têm preço.

A @isadorabacelar.r também acha, encarou a mudança e contou tudo pra vocês lá no blog. 💕
#MulherDe30 #MudeiDeVida #JuroValendo
Quer ver a sua foto publicada aqui no blog?
Poste no instagram uma foto com a hashtag
#JuroValendo