Vizcaya
02.03.2015

Diário da Dieta: Saladinhas e Jacadas

Na semana do carnaval dei umas escapulidas da dieta, na verdade duas, e me atraquei com gosto no baldinho de pipoca. Aliás, sejamos coerentes: pipoca jamais deveria ser considerada uma “comida”, pipoca é passatempo, gente, é tipo chiclete, oras!

Pode parecer besteira, mas quebrou meu ritmo e isso é péssimo! Mas, como jacar 1 vez só é bobagem, comi 1 colher de nhoque, porque minha mãe fez e pediu pra experimentar, e passei muito mal. Não sei se foi a dor na consciência ou se foi a falta de costume mesmo, mas fiquei uma tarde inteira com o estômago queimando.

diário-da-dieta

Claro que, só pra dar risada, disse pra mainha que a “culpa” foi da comida dela, que sempre foi deliciosa mas que agora me fazia passar mal de tão ruim. Ela retou! hahaha

Isso foi bom porque me deu “medinho” de comer qualquer coisa que não esteja na minha dieta, porque passar mal é ruim demais. Nesse dia não consegui comer mais nada e fiquei tomando chá pra “acalmar” meu estômago, e no resto da semana segui a dieta direitinho.

Tenho mostrado lá no insta (@JuroValendo, bora pra lá também!) o que venho comendo nas refeições e prometo fazer um post amanhã com o que posso comer em cada refeição tá?

dieta

No café como ovo, queijos ou requeijão de corte, e se no início era um pouco de cada hoje só consigo comer um deles, e bem pouco.

A “invenção” do sanduba aberto, que mostrei nesse post aqui, trouxe abriu minha cabeça pra novas ideias, porque vi que quase tudo dá pra substituir, e do mesmo jeito que substituí a batata pela abobrinha recheada e gratinada (tem receita aqui), já fiz uma listinha aqui de outras coisas pra tentar.

Falando nisso, tava sentindo falta de ketchup e depois de tentar muitas receitas consegui acertar, mas ao longo da semana mostro aqui pra vocês.

dieta

Continuo comendo minhas saladas no almoço e o sanduba aberto no jantar, e voltei a fazer água aromatizada. Sobre a água, vario bastante com as ervas que tenho aqui na minha hortinha (uma idosa praticamente! rs), mas minhas preferidas são o alecrim e o capim-limão. Às vezes coloco também 1 rodela e/ou casca de limão, carocinhos de romã, cravo ou gengibre só pra dar uma variada e tem me ajudado bastante.

E capricho muito na “apresentação” dos pratos, porque sou do tipo que come primeiro com os olhos, sabe? Monto meus pratos rapidinho, então não custa arrumar direitinho e “enfeitar”, né? Faz diferença!

Ah, se tiverem alguma sugestão de post sobre a dieta, alguma dúvida ou algo do tipo, deixem nos comentários! E pra acompanhar o diário da dieta é só clicar aqui.

Beijos, boa semana e um mês incrível pra nós!

Ju

Vizcaya
23.02.2015

#JuResponde: 10 Perguntas Sobre a Minha Dieta

Tenho recebido tantas perguntas sobre a dieta que tive a ideia de deixar a coisa mais “interativa”, com vocês perguntando e eu respondendo, daí perguntei lá no insta (@JuroValendo, bora papear por lá!) e no Face quais eram as dúvidas de vocês e hoje vou responder 10 delas, mas fiquem tranquilas que farei vídeos sobre o assunto, também com perguntas e respostas, tá?

1. Pamela Petini:  “Ju, se você não pode comer frutas, então o que é seu café da manhã, lanche da manhã e lanche da tarde?”

Pam, frutas só posso abacate e coco, porque são as que têm menor quantidade de açúcar, e me viro bem com elas, mas sem exagerar. No café da manhã como ovo, queijos e/ou requeijão com café, leite com canela ou chás. Já nos lanches como queijos, chips de legumes (postei o de abobrinha no insta!) e, vez ou outra, iogurte.

10-perguntas-sobre-a-minha-dieta

2. Valéria Sales Ribeiro: “Você se sustenta só com a saladinha… Você não tem nenhum dia “free”?

Val, eu fico bem saciada com saladas, não tenho vontade de atacar nada, sabe? Mas posso ter uma refeição livre na semana, só que evito porque quero mesmo criar o hábito de só comer coisas boas, não quero “me acostumar” com gordices. O que eu quero é uma mudança pra vida toda.

3. Juliana Vanderlei: “Pão: cortou total?”

Ju, essa foi uma das partes mais difíceis porque sempre comi pão, sempre, mas cortei total e hoje não sinto a menor falta! No meu caso não rola substituir pelo integral porque é carbo do mesmo jeito, e carbo só posso das verduras e legumes (e do iogurte, de vez em quando).

4. Sabrina Errera: “Você mantém sua dieta complementando com alguma suplementação ou somente exercícios físicos?”

Sa, eu tomo dezenas de cápsulas, mas não é por causa da dieta, é porque eu sou a doida do fitoterápico mesmo, e são mais cápsulas de beleza. Fora isso, tomo o Forcee, que é um suplemento de aminoácidos pra cabelo, pele e unhas (resenha aqui) que me ajuda na suplementação de proteínas, já que não como nenhum tipo de carne.

No mais, faço caminhada todos os dias de manhã com Ozzynho por 1h, mas agora em março volto pra academia. Não voltei antes porque academia me dá fome (juro!hahaha) e queria já ter um controle melhor, sabe?

dieta

5. Tatiana Pamplona: “Ju, você é tão linda e não é gorda…Porque você  faz uma dieta tão difícil?”

Tati, minha linda, muito obrigada! Bom, eu sou gordinha sim,  já fui muito pesada, já emagrecei e engordei várias vezes, até porque tenho um monte problemas hormonais e preciso suplementar vários hormônios todos os dias, como já expliquei por aqui.

Garanto que no final da dieta, quando colocar todos os antes, você vai ficar chocada, porque já pesei mais de 100 kg, acredita? E, te juro, de todas as dietas que já fiz na vida essa é a mais fácil a longo prazo, foi a que mais me adaptei, a foi pensada junto com meu nutri de acordo com as minhas preferências e necessidades.

6. Adrianne Alcântara: “Ju, você faz uma dieta de restrição de carbo… isso é pelo fato de você ter resistência à insulina ou por algum outro motivo?

Adri, o determinante foi a resistência à insulina, mas me adapto muito melhor a uma dieta que corte carbos e não conte calorias, que me permita comer meus queijos quando eu quiser, fazer meus molhos e que não me deixe sem manteiga (agora tô usando Ghee), porque já tentei muitas outras coisas e, a longo prazo, não funcionou, eu sempre sentia falta dessas coisas, jacava e botava tudo a perder.

7. Ana Paulla Cruz: “Sua dieta tem açúcar? O que você faz quando baixa aquele espírito de formiga por doce?”

Além da Aninha, a Juliana Dutra, a Aparecida da Silva e a Luciana Rossi também perguntaram sobre doces/açúcar, então a resposta é pra todas as formiguinhas, tá?

Bom, minha dieta não permite açúcar, mas já tinha cortado desde o início do ano passado e foi a melhor coisa que fiz! Cortei por causa da resistência à insulina, mas de vez em quando comia algum chocolate, um docinho, mas agora cortei tudo mesmo e não sinto a menor falta. Tentei, dia desses, tomar um café com açúcar e achei um purgante, então é tudo questão de hábito mesmo, sabe?

dieta

Só na época da TPM que dá uma vontade, mas é pouca, aí faço um frozen de iogurte, coco e essência de baunilha pra matar a vontade sem sair da dieta!

8. @AneOliveiraPereira: “Ju, gostaria que você falasse se você conta carboidratos e sobre o seu consumo de derivados de laticínios, se te causa algum desconforto.”

Ane, posso consumir 20 gramas de carboidratos por dia, mas não conto não, exceto nos dias que tomo iogurte, porque (quase) nunca saio do que é permitido. De vez em quando uso milho e cenoura, que não são permitidos, mas é tão pouco que não faz diferença.

Quanto aos laticínios, agora que tô tentando tomar um pouco de leite, mas detesto, e como muito queijo, até porque não como carne de nenhum tipo e preciso ter um consumo adequado de proteínas. Iogurte tava tomando bastante até mês passado, mas meu nutri pediu pra reduzir por causa do carboidrato, e o que sinto quando como muitos laticínios é aumento do muco, a minha rinite ataca mais facilmente, só isso.

9. @Cris_Aquino: “Como resistir às guloseimas?”

Cris, o que me fazia querer atacar as gordices era o consumo de gordices, e quando cortei açúcar e carbos parei de sentir a fome que sentia antes, ou melhor, a vontade de atacar as gordices. E é pra não ter vontade que evito a tal da refeição free também, porque gordice chama gordice kkk.

dieta

10. Alessandra Souza: “O que pode e não pode na sua dieta? Tem que contar calorias?”

Alê, pode todo tipo de carnes magras, peixes e aves, que eu não como porque não consumo carnes, pode queijos (olho sempre a quantidade de carbos de cada um), ovos, azeite de oliva, ghee, creme de leite, maionese (caseira ou a Heinz, que não tem carbos), farinha de linhaça e de gergelim (não usei ainda…), verduras  e legumes (exceto batatas, milho, cenoura, beterraba, inhame e aipim), azeitona, cogumelo, palmito, picles, todas as folhas e temperinhos, gelatina diet, leite (em pouca quantidade), chás, bebidas lights e diets (evito ao máximo), gelatina diet e pequenas porções de castanhas.

O que não pode é açúcar e carboidratos, e não preciso contar calorias.

Se tiverem mais dúvidas deixem aí nos comentários ou lá no insta que tô preparando mais posts e vídeos, tá? A partir de 18 de março teremos vídeos semanais com a dieta lá no canal! Ah, e pra acompanhar tudinho da dieta, é só clicar aqui.

Beijos

Ju

09.02.2015

Diário da Dieta: Começando do Começo!

Nas últimas duas semanas parei um pouco de postar coisas de dieta aqui e no insta (@jurovalendo, segue lá!) porque queria organizar as coisas como uma “sequência”, pra vocês acompanharem tudo de forma mais organizada, sabe?

Daí pensei em fazer um diário aqui, a ser atualizado uma vez na semana, com tudo o que aconteceu na semana, o que comi, o que tive vontade e resisti (ou não!), os achados e as receitinhas.

diário-de-dieta

Já fiz um post falando sobre a minha dieta (clique aqui), e sempre disse por aqui que nunca fui magra. Nunca, e jamais serei sequinha porque minha estrutura não é essa, mas não quero mais que o meu (excesso de) peso direcione o que eu posso fazer com o meu corpo, sabe?

Mas, vamos falar de como anda a minha alimentação, porque toda vez que posto uma foto surgem novas dúvidas nos comentários!

Eu não queria apenas emagrecer, queria me alimentar bem, comer coisas saudáveis e gostar verdadeiramente disso tudo. Não queria comer salada como obrigação e, muito menos, ficar salivando nas gordices, porque sei que a longo prazo esse tipo de coisa não funciona.

diário-de-dieta

Eu queria continuar sentindo prazer em comer, mas em comer limpo, sabe? E foi aí que sentei  com meu nutri e decidi como isso seria feito:

1. Minha dieta privilegia proteínas, gorduras boas e carboidratos de legumes e verduras, e todo o resto fica de fora.

Como bastante queijo e ovos, já que não como carne, e como manteiga moderadamente, mas a ghee (já posto a receita!), que é uma manteiga clarificada. Tentei abrir mão da manteiga e até comprei a essência pra manter o gosto das coisas, porque realmente gosto muito, mas não consegui e percebi que é melhor manter em pequenas quantidades do que cortar totalmente e acabar botando tudo a perder quando sentir um desejo incontrolável.

2. Carboidratos só o de legumes e verduras, e nada de doce, inclusive frutas, por causa da resistência à insulina. As frutas que entram são abacate e coco, que possuem menores quantidades de carbo. Tomo  iogurte também, e iogurte tem uma quantidade considerável de carbo, por isso limito a dois potinhos por dia.

diário-de-dieta

3. Como muita salada, meio-dia e de noite, e aprendi a amar (tem post mostrando como faço aqui)! Muita gente me chamou a atenção de que os molhos tornam a salada mais engordativa, e é verdade, só que meus molhos são com proteínas e gorduras, e elas são liberadas. Mas, a questão é que não quero ficar contando calorias e odiando estar de dieta, quero criar o hábito de comer saudável e os molhos têm me ajudado demais, tanto que toda vez que sinto fome a primeira coisa que vem na cabeça é uma salada maravilhosa, bem diferente das pizzas de antigamente.

4. Reduzi o sal, e nisso a “descoberta” dos “temperinhos”, como a páprica picante, o curry, a pimenta do reino,  o tomilho, o alecrim e muitos outros ajudou bastante.

5. Não existe limite de quantidade, eu posso comer o quanto quiser, só que só os “alimentos permitidos”.

diário-de-dieta

Não tenho me pesado, e o combinado é fazer isso uma vez por mês, só que dia 29/01, o dia marcado, pedi pro nutri anotar e não me falar. Sou MUITO ansiosa e tenho receio de achar que estou perdendo pouco ou que está faltando muito e meter o pé na jaca pra “acalmar” a ansiedade, sabe? E tem também o outro lado: achar que tô chegando lá e começar a me “presentear”, colocando tudo a perder.

Sei que a perda de peso tem sido constante por causa das roupas, que estão folgando, e por enquanto isso me basta. Quando tiver alcançado o peso ideal pra minha altura faço um post aqui com a evolução toda, com fotos e tudo mais, tá?

E no próximo post falo mais sobre o que tenho comido nas refeições!

Beijos

Ju

O que você acha do JV?
Eu simplesmente amo esse blog!!! Já perdi a conta de quantos produtos comprei depois de ver resenhas daqui, porque sei que são reais. Bioextratus foi…