Vizcaya
30.11.2015

Manual da Fossa, Mica Rocha

S.O.S Pé na Bunda!

Sempre achei a Mica divertidíssima, e quando soube que ela lançaria um livro, o Manual da Fossa, fiquei louca pra ler, porque, gente, quem nunca tomou um pé na bunda, heim? Eu já, e não é fácil! É um golpe gigantesco na ego e, a depender da fase em que estamos na vida, o surto é garantido!

manual da fossa mica rocha

E como sei que todo mundo passa por isso, e que não existem receitas prontas, comprei o livro, porque, afinal, a gente nunca sabe quando vai tomar um pé na bunda e, quando (e se) isso acontecer,  é essencial ter uma mão, ou, nesse caso, um livro amigo pra ajudar!

O livro já começa com uma coisa bem interessante: um teste pra ver como anda a nossa autoestima. Vivo repetindo por aqui que essa é a coisa mais importante, a prioridade das prioridades, porque nada na sua vida, muito menos seus relacionamentos, vão dar muito certo se você não tiver muito amor e respeito pela pessoa mais importante da sua vida: você!

manual da fossa mica rocha

A linguagem é bem descontraída, e a Mica faz com que a gente se sinta no meio de uma roda de amigas, sabe? Só que ela é daquelas amigas que todo mundo deveria ter (e ser): ela fala a verdade, na lata, sem passar a mão na cabeça, mas de um jeito leve e pensando sempre no lado positivo de todas as coisas.

manual da fossa mica rocha

Ela fala dos tipos de términos, das fases da fossa, daquele mané que te dá um pé na bunda mas não larga o osso, das recaídas, do que a gente sente nesses momentos, das “crises de loucura”, de coisas que todo mundo tem vontade de perguntar quando passa por isso, além de dicas pra começar o próximo relacionamento com o pé direito e dos tipos de boy que a gente deve manter distância.

manual da fossa mica rocha

As partes com dicas da psicóloga também são muito legais, porque conseguem ser, ao mesmo tempo, profundas e leves, sabe? E a leitura é daquele tipo que a gente vai “engolindo” e quando percebe o livro já acabou. Melhor impossível!

O Manual da Fossa é muito mais que um livro pra quem tomou um pé na bunda. É um livro que, de forma leve e divertida, fala de autoestima, de aceitação, do cuidado que devemos ter com nós mesmas e de como precisamos nos colocar em primeiro lugar, como protagonistas das nossas histórias.

manual da fossa mica rocha

Vai por mim: esse é um daqueles livros que você precisa ter em casa, como uma “carta na manga” para momentos que não deveriam existir, mas existem: a fossa! Gostei demais e recomendo muito a leitura!

Comprei na Saraiva por R$17,50 (compre aqui) e chegou em uma semana. Alguém já leu? Conta aí o que achou!

manual da fossa mica rocha

Beijos, Ju♥

 

Vizcaya
25.10.2015

#JuResponde: Tudo sobre Traição!

Traição? Traição é fingir amor!

E o vídeo desse domingo, feito com perguntas de vocês, é sobre uma daquelas coisas que todo mundo passa na vida, mas não gosta nem um pouco: traição!

É, é um tema difícil, eu sei, mas quis falar justamente porque esse é um daqueles assuntos em que mais vejo hipocrisia, sabe?As pessoas não só têm medo de falar sobre, mas de assumirem o que acham de verdade, o que fizeram, o que fariam, o que gostariam de fazer, e eu até entendo, porque, infelizmente, vivemos numa sociedade extremamente machista, onde mulher de verdade tem que, mais que ser, parecer santa.

tudo-sobre-traição-trair

Mas ó, tenho pudor nenhum de falar sobre isso e de contar as minhas experiências, inclusive as não tão corretas, porque eu sou humana, cometo erros e meto o pé pelas mãos, assim como todas vocês, e não vejo razão pra não dividir isso aqui, sabe?

E ó, vocês jogaram duro nas perguntas: perguntaram se eu já traí, se já fui traída, como reagi, se “perdoei” ou não, e muito mais! E eu, como sempre, falei, faleiii, faleiiiii! Falei tudo o que eu acho, contei histórias, coisas que vivi e senti, e tudo sem filtro nenhum, como acho que tem que ser.

Falando nisso, aliás, o vídeo ficou imenso, mas né, não tem como falar de traição, esse tema tãooooo legal (hahaha) em 5 minutos, ô! Me deixa falar, oxeeee!

Espero que vocês gostem do vídeo, que se inscrevam lá no canal e deixem mais sugestões de temas, e quanto mais “cavernosos”, melhor, porque acho é bom que a gente converse sobre tudo, né? E não esqueçam: toda quarta-feira e todo domingo às 20 hs tem vídeo novo lá no canal. Quero todo mundo assistindo, rai ai!

E já fiz alguns posts aqui sobre traição, quem quiser dar uma olhada é só clicar nos links abaixo:

Beijos e bom domingo! Ju♥

03.09.2015

Happn: Pra dar um “empurrãozinho” no destino…

e encontrar "aquele cara"...

E então, num dia qualquer, você “se bate” com um cara numa dessas esquinas da vida, e, por algum motivo que você desconhece, ele simplesmente “mexe” com você. Numa fração de segundo o coração acelera e dá aquela vontade de conhecer mais, saber mais, sentir mais, só que antes que você consiga falar alguma coisa (cadê a coragem?), ele dobra em alguma ruela e some até, quem sabe, nunca mais.

Aí você encontra com”aquela amiga”  e conta, meio sem graça,  que cruzou com o cara dos seus sonhos no meio da rua, mas o perdeu de vista. Talvez tenha sido o destino, você pensa. Mas se “aquela amiga” fosse eu, já teria te apresentado o Happn, o aplicativo que dá um “empurrãozinho no destino”!

Como assim? Vem cá que eu te explico!

Happn: Pra dar um empurrãozinho no destino!

happn aplicativo

Happn é uma daquelas coisas que a gente se pergunta “como não foi criado antes”, porque a ideia é muito legal: ele te ajuda a encontrar “aquele cara” que você cruzou por aí , ou cruza todos os dias, e jamais teve coragem de chegar perto.

Sim, isso existe. Sim, funciona. E sim, é genial!

Pra usar o aplicativo é muito simples: basta criar uma conta, e o aplicativo vai pedir pra usar as suas informações do Facebook. A partir daí vão aparecer na timeline do seu perfil no Happn as pessoas que cruzaram com você, seja na rua, na faculdade, no trabalho, na academia, no prédio e por aí vai.

happn aplicativo

Você pode olhar o perfil de cada um deles, saber exatamente onde vocês “se esbarraram” e, melhor ainda, saber a que distância vocês estão naquele momento. E pode ficar tranquila que a sua localização não será divulgada. Ou seja, dá pra saber se você está perto ou longe, mas não tem como ninguém saber onde, exatamente, você está. Assim é melhor, é mais seguro, e mais gostoso também, pra manter o clima de mistério no ar, né?

A partir daí a “paquera virtual”, que tem tudo pra se tornar real, começa a rolar solta! Tá, no começo dá uma certa timidez em ficar dando like em quem a gente não conhece, mas como é mais fácil fazer isso pela telinha que “ao vivo”, vai rolando a empolgação, que chega ao nível máximo no primeiro crush, quando ele também “curte” você e o aplicativo avisa. É tipo o “amigaaaa, ele falou comigo!”.

happn aplicativo

E sim, vocês podem começar a conversar na hora que quiser, de maneira privada, e quem sabe daí não surge uma experiência interessante, uma amizade daquelas, uma paixão arrebatadora ou um grande amor? Porque sim, tudo isso pode acontecer, e às vezes só o que a gente precisa é de um empurrãozinho, mesmo que de leve, do destino. Ou melhor, do Happn.

Então, não perde tempo,  clica aqui pra baixar o Happn, que é gratuito e garante que você não perca de vista “aquele cara”, aquele que, quem sabe, pode ser um daqueles presentes que a vida tenta colocar no seu caminho, mas você, distraída, não percebe, ou percebe mas não tem coragem de “chegar e fazer acontecer”!

Beijos, Ju♥

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…