Vizcaya
26.07.2016

Receita de Molho de Alho Picante

Uma delícia!

Tempos atrás fui no Universo Natural, aqui em Jee, e comi um sanduba maravilhoso, com um tal de molho de alho picante que deixou enlouquecida. Tinha que encontrar a receita!

Sério, esse molho é gostoso demais, e como tive que me educar pra gostar e comer salada todos os dias, vivo testando molhos e temperos diferentes pra dar mais gosto nos meus “matinhos”, sabe?

Só que a Milla não conta qual o segredo do bendito do molho, muito menos como ele é feito, e nenhuma das receitas que encontrei na internet (testei várias) tinha o sabor parecido.

receita de molho de alho picante juro valendo

Fui lá de novo, pedi o mesmo sanduíche, com o mesmo molho e, pelo cheiro (sim! hahaha), vi que tinham duas coisas ali que eram bem simples e não davam trabalho nenhum. Resolvi arriscar minha própria receita, com apenas 3 ingredientes,  e ó, ficou uma delícia!

Receita de molho de alho picante – ingredientes

  • Molho de alho (pode ser qualquer um)
  • Molho de pimenta Maratá ( é o mais gostoso!)
  • Pimenta calabresa

Como Fazer

Não existe dosagem certa do molho de pimenta e da pimenta calabresa, porque tudo depende do tanto que você gosta de pimenta, mas coloco mais do molho de pimenta e um tiquinho só de pimenta calabresa. Fica mais gostoso assim!

E a forma de fazer é muito simples: despeje o molho de alho numa vasilha plástica (comprei uma de plástico só pra colocar esse molho), coloque o molho de pimenta (pra 1 garrafinha de molho de alho, coloco 1 colher das de sopa de molho de pimenta), misture bem e acrescente um pouco de pimenta calabresa.

receita de molho de alho picante juro valendo

Depois é só guardar na geladeira (dura bastante) e usar nas saladas, nos sandubas e no que mais você quiser!

Às vezes, quando quero uma coisa mais encorpada, mais cremosa, misturo o molho de alho picante com cottage e uso como pasta para sanduíches e saladas, pra comer com legumes refogados, com ovinho de codorna (como todo dia por causa da proteína) e coisas do tipo. Fica muito bom!

Façam e contem depois o que acharam, tá? E quem quiser mais receitinhas de molhos e temperos para saladas, aqui tem vários: top 10 molho para salada.

Beijos, Ju♥

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram ♥ Snapchat ♥ Twitter ♥ Pinterest ♥Facebook⇒   @jurovalendo

Vizcaya
07.11.2015

Como Fazer Saladas? 3 Dicas Práticas!

Porque existe salada gostosa sim!

Vivo postando fotos de saladas no Instagram (@JuroValendo, segue lá!), porque é o meu almoço de todos os dias, e a pergunta que mais vejo é “como fazer saladas”, porque as minhas ficam de dar água na boca, mas não têm, de verdade, nada de muito diferente, sabe?

E como minha vida é super corrida, como a de quase todo mundo, comecei a planejar as minhas saladas de forma que pudesse fazê-las em, no máximo, 5 minutos. Mas, mesmo sendo rapidinhas, elas têm que ficar lindas, porque eu sou do tipo que “come com os olhos”, e vou explicar certinho como fazer saladas lindas, rápidas e gostosas com 3 dicas super fáceis e práticas, tá?

como fazer saladas

1. Planejamento é tudo!

Sempre que deixava pra ralar/picar cada ingrediente no momento de fazer a salada, ficava com preguiça e acaba no “mais do mesmo”. Até que fui num desses restaurantes onde a gente monta a salada na hora, com várias porções de ingredientes diferentes, e tive a ideia de fazer a mesma coisa em casa, acomodando as coisas que mais uso em vasilhas plásticas descartáveis.

Falei com a nutri e ela disse pra que eu fizesse somente o suficiente para uma semana, e agora todo sábado eu separo as coisas que mais uso nas saladas, “preparo” tudo, ralando, picando e cortando, e coloco em vasilhas descartáveis (com tampa) de 220 ml.

Compro essas vasilhas na Casa da Embalagem aqui em Jee, mas é fácil achar em mercados, e as de 220 ml são do tamanho certinho para guardar meus ingredientes pra cada semana. O pacote com 25 vasilhas custa R$6,90.

como fazer saladas

Sempre faço 15 potinhos por semana, assim tenho uma variedade boa e cada dia vou misturando coisas diferentes, entre doces e salgadas, e nessa semana os potinhos tinham: cenoura, beterraba, tomate, cebola roxa, pepino, azeitona recheada, cogumelo, milho, ervilha, azeitona preta, queixo, cebolinha + coentro, uva passa, manga, e molho de mostarda e mel, que faço suficiente para 3 dias.

Daí, quando for montar a salada é só colocar um mix de folhas (na maioria das vezes só uso alface mesmo) e ir salpicando os ingredientes por cima.

2. Tempero faz toda diferença!

Sempre achei que salada era a coisa mais sem gosto da vida, até que entendi que, assim como qualquer outra comida, salada precisa de tempero, ué!

como fazer saladas

E nem pense que precisa de muita coisa porque não precisa! O básico mesmo é sal (tô usando o rosa porque alguém me disse que era melhor rs), vinagre e umas gotinhas de azeite. Mas eu sempre coloco uma pimentinha do reino (baiana, né?), cebola e/ou alho granulado, e umas folhinhas desidratadas, dessas que vendem no mercado no pacotinho e custam R$1,99. Garanto que tudo fica muito mais gostoso!

Já fiz um post aqui falando de temperos pra saladas, e quem quiser conferir é só clicar aqui.

3. Salada precisa de molho!

Ah, não, salada sem molho não tem graça, oxe! Mesmo bem temperada, o molho dá um toque especial, deixa a coisa mais cremosa, mais gostosa… Abro mão não!

Como Fazer Saladas?

Ultimamente tenho usado muito o molho de mel e mostarda, que é super fácil de fazer e delicioso (receita aqui), mas amo o de páprica picante (receita aqui), o de cebola agridoce (receita aqui) e o de parmesão do Subway (receita aqui).

Essa semana vou testar mais alguns molhos, e se “garrar amor” em algum posto aqui, tá?

Como fazer saladas?

Sempre posto minhas saladas lá no Instagram, mostrando o que tem em cada uma, o molho e o tempero, mas já postei várias das minhas saladinhas aqui também nesses dois posts:

Se quiserem receita de alguma salada específica, deixem aqui nos comentários, e se tiverem alguma outra dica compartilhem aí!

Beijos e bom sábado “procês”, Ju♥

02.03.2015

Diário da Dieta: Saladinhas e Jacadas

Na semana do carnaval dei umas escapulidas da dieta, na verdade duas, e me atraquei com gosto no baldinho de pipoca. Aliás, sejamos coerentes: pipoca jamais deveria ser considerada uma “comida”, pipoca é passatempo, gente, é tipo chiclete, oras!

Pode parecer besteira, mas quebrou meu ritmo e isso é péssimo! Mas, como jacar 1 vez só é bobagem, comi 1 colher de nhoque, porque minha mãe fez e pediu pra experimentar, e passei muito mal. Não sei se foi a dor na consciência ou se foi a falta de costume mesmo, mas fiquei uma tarde inteira com o estômago queimando.

diário-da-dieta

Claro que, só pra dar risada, disse pra mainha que a “culpa” foi da comida dela, que sempre foi deliciosa mas que agora me fazia passar mal de tão ruim. Ela retou! hahaha

Isso foi bom porque me deu “medinho” de comer qualquer coisa que não esteja na minha dieta, porque passar mal é ruim demais. Nesse dia não consegui comer mais nada e fiquei tomando chá pra “acalmar” meu estômago, e no resto da semana segui a dieta direitinho.

Tenho mostrado lá no insta (@JuroValendo, bora pra lá também!) o que venho comendo nas refeições e prometo fazer um post amanhã com o que posso comer em cada refeição tá?

dieta

No café como ovo, queijos ou requeijão de corte, e se no início era um pouco de cada hoje só consigo comer um deles, e bem pouco.

A “invenção” do sanduba aberto, que mostrei nesse post aqui, trouxe abriu minha cabeça pra novas ideias, porque vi que quase tudo dá pra substituir, e do mesmo jeito que substituí a batata pela abobrinha recheada e gratinada (tem receita aqui), já fiz uma listinha aqui de outras coisas pra tentar.

Falando nisso, tava sentindo falta de ketchup e depois de tentar muitas receitas consegui acertar, mas ao longo da semana mostro aqui pra vocês.

dieta

Continuo comendo minhas saladas no almoço e o sanduba aberto no jantar, e voltei a fazer água aromatizada. Sobre a água, vario bastante com as ervas que tenho aqui na minha hortinha (uma idosa praticamente! rs), mas minhas preferidas são o alecrim e o capim-limão. Às vezes coloco também 1 rodela e/ou casca de limão, carocinhos de romã, cravo ou gengibre só pra dar uma variada e tem me ajudado bastante.

E capricho muito na “apresentação” dos pratos, porque sou do tipo que come primeiro com os olhos, sabe? Monto meus pratos rapidinho, então não custa arrumar direitinho e “enfeitar”, né? Faz diferença!

Ah, se tiverem alguma sugestão de post sobre a dieta, alguma dúvida ou algo do tipo, deixem nos comentários! E pra acompanhar o diário da dieta é só clicar aqui.

Beijos, boa semana e um mês incrível pra nós!

Ju

O que você acha do JV?
Ju, amo seu blog!!! suas dicas!!! vc é maravilhosa com sua opinião honesta!!! Sempre quando quero comprar algum produto venho aqui pra ver o que…